Trajetória do artesanato brasileiro: perspectiva das políticas públicas

[featured_image]
Download
Download is available until [expire_date]
  • Versão:
  • Download 32
  • Tamanho do Arquivo 0.00 KB
  • Contagem de Visualizações 1
  • Data de Criação 1 de outubro de 2021
  • Ultima Atualização 1 de outubro de 2021

Trajetória do artesanato brasileiro: perspectiva das políticas públicas

O presente estudo tem por objetivo analisar a trajetória da formulação e implantação de políticas públicas voltadas ao artesanato, com atenção à relação do Design com o artesanato no Brasil, desde a constituição do território brasileiro até o momento presente. Para tal, foi realizado levantamento documental, por meio de publicações oficiais bem como pesquisas de períodos históricos determinados, além de entrevistas com agentes que atuam diretamente ou que participam ativamente da construção de políticas públicas em relação ao artesanato. Esse estudo inicia sua análise pelos antecedentes históricos da prática, para situar o contexto político e social das primeiras políticas públicas do período colonial, marco da chegada das artes, ofícios e manufaturas ao Brasil. Em seguida, analisa-se a formulação e a implantação de medidas públicas, estabelecidas desde 1930 até meados da década de 1990, que tinham como norte a busca pela construção da identidade nacional e a inclusão social. Em 1990 inicia-se um novo marco temporal, cujo foco é no ideal empreendedor do artesanato, que utiliza-se do design como principal estratégia. Vale ressaltar que a inclusão social e a identidade cultural não foram abandonadas pelas políticas públicas que concernem a prática artesã até os dias atuais.

AUTORIA: Maíra Fontenele Santana

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Rede Artesanato Brasil usa cookies para personalizar e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.