O Consumo do Valor Simbólico Encenado por uma Prática Empreendedora Cultural: O Artesanato Quilombola de Conceição das Crioulas

[featured_image]
Download
Download is available until [expire_date]
  • Versão:
  • Download 7
  • Tamanho do Arquivo 0.00 KB
  • Contagem de Visualizações 1
  • Data de Criação 26 de abril de 2022
  • Ultima Atualização 26 de abril de 2022

O Consumo do Valor Simbólico Encenado por uma Prática Empreendedora Cultural: O Artesanato Quilombola de Conceição das Crioulas

O valor simbólico dos bens culturais estão adquirindo cada vez mais importância na sociedade capitalista. Os aspectos subjetivos e imateriais estão se sobrepujando aos aspectos materiais dos produtos. Frente a isso, os produtores estão num esforço deliberado em impetrar uma carga simbólica nos bens culturais, como estratégia para conferir diferencial competitivo e alancar sua ação empreendedora cultural. Este estudo se debruça no estágio final desse processo, o consumo simbólico, a partir do reconhecimento de que os significados não são construídos, arbitrariamente, apenas no âmbito da produção, mas que se concretiza na negociação com as subjetividades dos consumidores. Para isso, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com consumidores do artesanato da comunidade quilombola de Conceição das Crioulas, a respeito das motivações que os levaram a consumir esses bens simbólicos. Como lente teórica-metodológica, utilizamos o modelo de Codificação e Decodificação de Stuart Hall (2011), articulado com a análise de conteúdo. Os resultados apontaram que a construção de significados no âmbito da produção, articulada de maneira coerente, se apresenta como uma importante estratégia para dar subsídio à ação empreendedora cultural, que se concretiza no consumo simbólico, ainda que parte dos consumidores (re)construam outros sentidos, que não aqueles codificados na produção.

AUTORIA: Girlânio Vidal de Lima..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Rede Artesanato Brasil usa cookies para personalizar e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.