A memória do artesanato: de tentos a tranças

[featured_image]
Download
Download is available until [expire_date]
  • Versão:
  • Download 21
  • Tamanho do Arquivo 0.00 KB
  • Contagem de Visualizações 1
  • Data de Criação 30 de março de 2022
  • Ultima Atualização 30 de março de 2022

A memória do artesanato: de tentos a tranças

Este artigo tratará do artesanato como um saber fazer de transmissão em que a mão predomina como ferramenta principal, carregado de uma forte bagagem imagética. Um fazer que, se encontra em um contexto entre tradição e a modernidade. Nisso, o objetivo geral desta pesquisa é refletir sobre o artesanato como trabalho, como uma profissão e um modo de vida que modifica a identidade de seus praticantes. Buscando pensar no artesanato e em sua participação na sociedade como objeto valorizado pelo seu simbolismo cultural, representando identidades e tradições locais, como também, o artefato artesanal como um produto de consumo que possibilita a geração de renda para seus produtores.  Discorrendo assim, sobre o artesanato no Brasil e o incentivo por parte do governo nessa forma de produção, a partir dos estabelecimentos de políticas públicas de apoio ao setor artesanal. O método de pesquisa utilizado é o bibliográfico, a partir de fontes como teses, monografias e livros, por fim, o artesanato deve ser reconhecido como essencialmente cultural e transformador da identidade do sujeito criador, o artesão.

 

AUTORIA: Juliana Porto Machado, Ronaldo Bernardino Colvero.

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Rede Artesanato Brasil usa cookies para personalizar e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.